(61) 3226-6659

Métricas de vaidade: fuja dessa ilusão

Autor: Agência AB9

Não é novidade para ninguém a importância das métricas no marketing digital. São diversos números a serem analisados que, muitas vezes, confundem sua cabeça e/ou a do seu cliente. Dessa forma, precisamos deixar tudo claro desde o início.

Dentre todas as métricas, existem as de vaidade. É aí que começamos a nos confundir. Elas são o inverso do que é importante, quando falamos sobre marketing digital.

Neste artigo, vamos mostrar quais são essas métricas e como não cair na ilusão de acompanhá-las em casos sem necessidade.

Preparem-se, pois os insights neste post vão ser quase um grande episódio de MAD MEN, na Netflix. Se você ainda não assistiu, aí fica uma grande dica.

Acompanhe a seguir…

Afinal, o que são métricas de vaidade?

As métricas de vaidade são todos aqueles números coletados que não vão ajudar em tomada de decisão alguma, só servem para inflar o seu ego e não te dão o principal resultado esperado com ações de marketing, VENDAS.

Mas, veja bem, isso não quer dizer que você deve ignorar essas métricas, contudo, deve entendê-las.

Com o estouro das redes sociais, a maioria das empresas decidiram investir em gestão de redes sociais, que é uma decisão bem certa, sem dúvidas. Porém, não adianta montar uma página para o seu negócio e sair patrocinando post o tempo todo sem objetivos estabelecidos, metas claras e um orçamento definido.

E o maior problema nisso tudo é que não fica tão claro o quanto em dinheiro você pode perder nessa brincadeira.

E quais são essas métricas de vaidade?

Algumas dessas métricas são de suma importância para sua página, afim de saber quais os conteúdos que o seu público gosta nas redes sociais. Então, muito cuidado ao desprezá-las também.

Os principais exemplos são:

  1. Curtidas (likes, corações, reações e etc…)

Quando perguntamos, “como estão suas campanhas no facebook?”, muita gente ainda responde, “estão ótimas, recebemos X likes”.

É fácil compreender que não conseguimos fazer nada com essa informação, correto? Você recebeu muitos likes, mas o que ele converteu em oportunidades de negócio ou vendas para você?

É simples dar like por ter gostado da frase, de um título bem feito e, mesmo assim, não ter comprado nada ou, realmente, me interessado.

O importante é entender que nem sempre, quando curtimos algo, é porquê queremos ou decidimos comprar.

  1. Número de downloads de apps

Se você acha que o sucesso do seu APP está ligado ao número de pessoas que o baixaram, sinto em dizer que está enganado.

Muitas pessoas baixam diversos apps para teste. É preciso entender o quão ele é usual para as pessoas e qual a taxa de desinstalação do mesmo. Em alguns casos, a própria taxa de desinstalação é maior do que o número de downloads.

Para quem ainda está criando um app ou lançou algum há pouco tempo no mercado, não se engane: o número de downloads é, com certeza, muito importante, mas não se esqueça de ver, a longo prazo, o número de desinstalações do seu app e, o mais importante, os de downloads e número de cadastros ou usuários pagantes.

Se você recebe poucos downloads, no entanto, muitos cadastros, poucas desinstalações e os usuários fazem uso das funções pagas deles, você está bem!

  1. Cliques nas publicações

Mais uma métrica que muitas pessoas confundem com resultado.

A taxa de cliques é importante para saber se você está conseguindo levar pessoas ao seu site, blog, anúncio ou o que quer que seja. Entretanto, sem o seu objetivo por trás da métrica muito bem definido, ela se torna um número vazio.

Me diz do que adianta ter muitos cliques na sua página e eles não converterem bem? Uma boa dica para você que passa por isso: invista em bons call-to-actions dentro do seu site.

São os riscos dos famosos “clickbaits” – chamadas que prometem algo super revelador, mas que só estão ali para atrair cliques na sua página sem uma finalidade ou objetivos claros.

  1. Compartilhamentos de publicação

Óbvio que muitas pessoas compartilhando seus conteúdos é um sinal que estão dando certo, porém, as veja bem: as quantidades de compartilhamentos não dizem que a sua campanha foi um sucesso ainda. É preciso muito mais, como dito anteriormente. Precisa converter em vendas e oportunidades de negócio. Principalmente se no título compor humor ou algo parecido que não tenha um conteúdo com objetivo claro por trás.

Esses compartilhamentos podem levar mais tráfego ao seu site, então é necessário saber guiar o seu tráfego internamente. Aproveite a quantidade de acessos e abuse dos CTA’s. Faça com que esses visitantes se tornem possíveis compradores.

  1. Sua taxa de Rejeição

Não se assustem. Não é para parar de acompanhar ou se preocupar com a taxa de rejeição de seu blog ou site!

Como falamos antes, essas métricas não devem ser ignoradas, mas sim compreendidas sobre qual espaço ocupam em sua estratégia e, principalmente, qual é o seu objetivo final além delas.

A taxa de rejeição significa quantos usuários abandonam sua página antes de cumprir certos requisitos do Google, para que ela não seja considerada como rejeitada pelo usuário.

Além de tempo em cada uma, se o usuário não interage com nenhum dos links listados, ela pode ser considerada, da mesma forma, como página rejeitada.

  1. Ganhar seguidores

Em qualquer rede social, a quantidade de pessoas que seguem a sua página não significa oportunidades de negócios claras. São possíveis relacionamentos que são sim um dos pilares da jornada de compra.

É claro que ter muitos seguidores ou fãs nas redes sociais é interessante, mas não está diretamente relacionado ao sucesso da sua empresa.

Existem métricas mais interessantes a serem avaliadas, como a quantidade de pedidos de mercadorias vindo pelo inbox da rede social.

7.Visualizações da página, as famosas pageviews

Você pode ter 1 milhão de visualizações e ter 100 visitantes ou ter 1 milhão de visualizações e ter 1 milhão de visitantes. Preste atenção que são coisas totalmente diferentes.

Por si só, esta é uma métrica de vaidade, pois não diz nada a respeito da evolução de vendas no site ou blog.

Ao contrário de visitantes únicos, esse dado do Analytics pode facilmente estar equivocado ou, mesmo assim, não existem muitas decisões a serem tomadas a partir do seu número.

São muitas as métricas de vaidade ligadas ao seu site, todavia, é só partir do princípio básico de que, se não te ajuda na tomada de decisão, talvez não seja a principal métrica a ser avaliada.

 

Se você tem interesse de entender mais as estratégias de marketing digital que podem ajudar sua empresa a se tornar uma autoridade na web, fale conosco. Marcamos uma reunião e conversamos, sem compromisso. Até porquê o que nós queremos é que você conheça bem o mercado. Clique aqui e ligue agora!

26 maio, 2017.

Você pode gostar desses

contato

SEPS 714/914 Bl. E Sala 26 – Ed. Talento - 70390-145 – Brasília DF